Jazz 6/6 review by Raul Vaz Bernardo

Dual Identity – Dual Identity (CF 172)
primeiros compassos de “The General” com que abre este CD definem “Dual Identity” como uma obra que apresenta uma música colectiva em que dois sopros nunca se digladiam, procuram antes um consenso tímbrico e improvisacional. Trata-se de dois saxofonistas alto com um sentido rítmico apurado que aproveitando as batidas quase hip hop de Damion Reid se embrenham em blocos melódicos de extrema intensidade. Com timbres muito semelhantes, julgo que cabem a Mahanthappa os solos iniciais em “SMS” e “The General”, pela maior riqueza rítmica à qual não será estranho o seu grande contacto com a tradição da música indiana. “Dual Identity” é um bom CD duma música avançada mas com os pés bem assentes na terra, ou melhor, na tradição dos dois sopradores (oriental e ocidental). Há sempre uma energia que nunca deixa a música num fastidioso combate de notas musicais. O guitarrista Liberty Ellman cumpre bem o papel de base harmónica com os seus acordes atentos. Mais veemente (Mahanthappa) ou mais intelectual (Lehman), eis um jazz de vanguarda estimulante.
http://jazz6por6.pt.to/

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s