Time Out review by José Carlos Fernandes

CF302Peter Van Huffel’s Gorilla Mask – Bite My Blues (CF 302)
****
As coordenadas definidas no CD de estreia mantêm-se neste registo de dois concertos no Canadá, com o sax de Peter van Huffel, o baixo eléctrico (frequentemente distorcido) de Roland Fidezius e a bateria de Rudi Fischerlehner a triturar o que lhes aparece pela frente com a insolência com que King Kong esmagava os aeroplanos que lhe esvoaçavam à volta.
“Chained” é uma máquina malévola à desfilada que se desarticula a meio do trajecto e fica a descrever círculos obstinados, como um robot avariado, até que retoma a cavalgada rumo ao Juízio Final; o tema-título é um blues exaurido, que se arrasta por um pântano de pez e enxofre; “Z” começa em registo marcial e desemboca num ritmo brutal, mais afim de Rage Against The Machine do que de Count Basie.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s